Após abordar suspeitos em blitz, polícia apreende cerca de 40 kg de maconha em residência

0


Três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas, no início da noite desta terça-feira (22), na Cidade Industrial de Curitiba. Após apreensão de drogas dentro de um veículo com dois ocupantes, a polícia se deslocou até uma residência indicada pelos suspeitos abordados, onde foram encontradas mais aproximadamente 40 quilos de maconha.

(Foto: Daniela Sevieri/Banda B)

De acordo com o tenente Elivelton Rocha, do 23º Batalhão da Polícia Militar (PM), uma operação de bloqueio de trânsito era realizada na rua Pedro Gusso, na CIC, quando a equipe decidiu abordar dois suspeitos, dentro de um veículo Fiat Bravo, que apresentaram nervosismo com a aproximação dos policiais. “Inclusive, o condutor quase atropelou o selecionador ali, pois acabou se perdendo no zigue-zague entre os cones. E de tão devagar, quase deixou o veículo morrer. Na revista ao carro, encontramos cerca de 6 quilos de maconha em alguns sacos plásticos”, revelou o tenente.

Após a apreensão, o motorista teria explicado à PM que recebeu 200 reais para levar a droga, que seria do passageiro, para o mesmo lugar de onde ela foi comprada. A maconha seria de baixa qualidade e o comprador estaria tendo dificuldades para revendê-la, por isso estaria fazendo a devolução.

O local para onde a droga seria devolvida era na Vila Nossa Senhora da Luz, próximo do local do bloqueio, e ainda estava registrado no GPS do celular dentro do carro. “As equipes se deslocaram até o local, onde um indivíduo aguardava na frente da residência e correu para dentro com a chegada da equipes policiais. Dentro da casa haviam três pessoas, sendo que duas disseram estar ali apenas para fumar narguilé, a outra era o proprietário”, relatou Rocha que disse terem sido encontrados dentro de um guarda-roupa em torno de 500 gramas de maconha.

Os suspeitos que estavam a bordo do Fiat Bravo teriam confessado que dentro da casa haveria perto de 40 quilos de drogas, quando o dono do local confirmou e indicou que as substâncias estariam no porta-malas do carro de sua mãe.

O proprietário da residência ainda tentou subornar os policiais com um pagamento de 30 mil reais. “Ele ofereceu 30 mil reais para a equipe, pois ele disse já ter respondido pelo crime de tráfico internacional de drogas, quando foi detido com 10 litros de cocaína líquida”, contou o tenente.

Com exceção do motorista do veículo abordado na operação de bloqueio, todos os envolvidos já tinham passagens pela polícia. Ao todo, foram apreendidos 44 quilos de maconha e três celulares.



Source link

Leave A Reply

Your email address will not be published.