Polícia encaminhou causador de acidente para Unidade Prisional, mas ele foi liberado pelo Poder Judiciário

0

O jovem de 21 anos de idade, identificado pelas iniciais “L. N.” morador da cidade de União da Vitória e causador do acidente que vitimou o motoboy, João de Souza, foi detido em flagrante pela Polícia, mas foi solto horas depois pelo Poder Judiciário.

De acordo com informações, logo depois de se envolver no acidente que tirou a vida de João de Souza, o autor dos fatos que fugia de outro acidente que tinha se envolvido antes de colidir no motoboy, recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia. Foram lavrados os autos pertinentes aonde o causador do acidente foi enquadrado pelo crime de “homicídio culposo” na direção de veículo automotor, sob influência de álcool, conforme artigo 302 § 3 do Código de Trânsito Brasileiro.

Ainda segundo informações, devido à gravidade da situação, a lei não permite o arbitramento de fiança na delegacia e seguindo o que deve ser realizado, a Polícia Civil encaminhou o jovem até a Unidade Prisional Avançada – UPA de Porto União, durante a madrugada.

Já no presídio, o caso que até então era conduzido pela Polícia Civil foi repassado para o Poder Judiciário e Ministério Público que são responsáveis pelo andamento do processo.

Ainda no domingo, uma informação surpreendeu e causou revolta em todos que de uma forma ou outra, se sensibilizaram com a tragédia. Por meio do Poder Judiciário o jovem foi solto ainda neste domingo depois de ser arbitrada uma fiança de dez salários mínimos.

Vale destacar que conforme o artigo 325 do Código de Processo Penal, a autoridade poderia fixar como fiança a quantia de 10 (dez) a 200 (duzentos) salários mínimos. Ou seja, neste caso o Poder Judiciário optou por conceder o mínimo de fiança possível, a quantia de 10 salários mínimos, total de R$ 9.980,00 reais. Outro ponto a destacar que a fiança arbitrada não ocorreu na delegacia e sim quando o acusado já estava na Unidade Prisional.

Matéria Canal4TV

Leave A Reply

Your email address will not be published.